A propósito...

O objetivo deste blog é o de coletar, todos os dias, notícias verdadeiramente positivas e edificantes em prol de um mundo melhor. Colabore para a nossa cura, dedique um tempo para enviar boas vibrações ao planeta! Para entender melhor, leia o Editorial

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Chinesa carrega sua avó para o trabalho todos os dias como forma de gratidão


Huang Lihua é a jovem da foto. Ela carrega sua avó, Wan Zangsiu no colo sempre que a idosa não consegue caminhar. Huang foi mandada para morar com sua avó no interior da China quando ainda era criança, já que seus pais trabalhavam muito e não tinham condições de cuidar dela.

Ela conta na reportagem que se sente muito grata pelo fato de sua avó tê-la acolhido e que os anos no interior foram muito felizes, já que sua avó sempre a carregava para todos os lugares em que ia, fosse o mercado ou casas de amigos.

Depois que ficou um pouco mais crescida, Huang voltou a morar com os pais para poder estudar e, depois de trabalhar duro, conseguiu abrir um restaurante de fast-food na cidade. Quando surgiu o problema familiar sobre quem iria cuidar de Wan Zangsiu (hoje com 88 anos de idade), Huang não hesitou em trazer a querida avó para morar com ela.

Ela conta na reportagem que, para fazê-la se acostumar à rotina da cidade grande, ela a leva todos os dias para o trabalho, onde ela ajuda um pouco nos afazeres, mas principalmente pode conversar com os clientes e ver a vida que passa pela rua em frente ao restaurante. Quando a avó não se sente bem para caminhar, ela a carrega por mais de 1,5 km.

Reportagem: Sam Webb
Foto: Central European News
Daily Mail

Policiais fazem mobilização para doar um violão a artista de rua!


Vejam que história sensacional! O rapaz com o violão na foto é Guto, um artista de rua que surgiu no Corredor das Artes, no centro de Florianópolis, vindo de Curitiba. O talento de Guto chamou a atenção dos frequentadores do local, dentre eles dois policiais militares, Isac e Andrade.

Impressionados com a voz do rapaz, eles fizeram contato e descobriram que o violão usado era emprestado, e que ele é um morador de rua. Decididos a ajudar aquele músico, os policiais mobilizaram comerciantes da região e conseguiram que um salão de beleza fizesse a barba e o cabelo de Guto enquanto eles saíam a comprar um violão para ele.

Os dois policiais se dispuseram a rachar a conta do instrumento, mas o proprietário, ao saber do motivo da compra, decidiu doar o violão. Ao retornarem, eles viram o músico com um novo visual, e o ato da entrega do instrumento comoveu a todos que assistiram à cena, levando até os policiais às lágrimas. Estabilizado na cidade, Guto agora procura um abrigo mas já consegue ganhar para comprar comida.

"Aquele dia a gente conseguiu dormir um pouco mais feliz. A gente não vai mudar o mundo, mas o mundo daquele cara a gente pode ajudar a mudar — comenta Isac."

Reportagem: Mariana Della Justina
Foto: Elisene Ivakoski Rodrigues / Arquivo Pessoal
Diário Catarinense

Posto de gasolina abriga cães de rua do frio!


Um casal de proprietários de posto de gasolina em Porto Alegre (RS) providenciou um canto quente para quatro vira-latas habitués do negócio. Eles arrumaram bacias com cobertores para os animais e, depois que uma comerciante presenciou a cena e postou no Facebook, foram milhares de elogios para a atitude dos proprietários.

Como conta a reportagem do Zero Hora, o casal João e Lucinha já são militantes de longa data da causa dos cães de rua. Possuem 11 cachorros em casa e costumam recolher vira-latas da rua, tratá-los e depois encaminhá-los para adoção por meio de parceiros.

O que é interessante é que muitos clientes contam que são fiéis ao posto por causa da atitude dos donos com os cães! Sinal de que fazer o bem também ajuda nos negócios.

Reportagem: Débora Ely
Foto: Débora Ely
Zero Hora

Garoto carrega seu irmão durante uma prova de triathlon!


Os dois garotos da foto são Noah e Lucas Aldrich. Lucas nasceu com um problema genético que não permite a ele comer, andar ou falar sem ajuda, mas tem em Noah, o irmão mais velho, o melhor amigo, aquele que o leva literalmente para todos os lugares com ele. Até mesmo a uma prova de triathlon!

Tocado pelo fato de o irmão mais novo não poder praticar esportes, Noah decidiu levá-lo à competição e realizou todas as provas tendo Lucas como companheiro! Vejam as fotos abaixo:



Quando completou o circuito após 54 minutos, o menino tinha um sorriso estampado no rosto. Os adultos que estavam próximos à linha de chegada, entretanto, não conseguiram conter as lágrimas.

Reportagem: Ryan Grenoble
Foto: Família Aldrich/Arquivo Pessoal
The Huffington Post


segunda-feira, 21 de julho de 2014

Grupo de estrangeiros doa ônibus usado para vir à Copa para uma escola de SC


Provavelmente vocês ouviram falar do grupo de estrangeiros que viajou quase 20 mil quilômetros a partir do Canadá para poder estar na abertura da Copa do Mundo, em São Paulo. Pois foi esta mesma reportagem que motivou o treinador de futebol Marco Aurélio Pereira de Oliveira, da cidade catarinense de Major Vieira.

Ele começou um projeto de escolinha de futebol particular pouco antes da Copa, mas percebeu uma demanda enorme de crianças carentes. Para tentar viabilizar a participação dessas crianças, ele foi até São Paulo tentar obter fundos, e lá ficou sabendo que os estrangeiros haviam anunciado a disposição de doar o ônibus no qual chegaram ao país.

Marco procurou-os pessoalmente e, por meio de intérpretes, conseguiu explicar e mostrar fotos do seu projeto. E a recompensa veio. Marco conseguiu o ônibus e agora busca apoio para manter o projeto. Boa sorte a ele!

Reportagem: G1
Foto: Reprodução/Vídeo
G1

Governo alemão doa R$ 100 mil a vítimas de enchentes


O Consulado alemão para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina entregou R$ 100 mil em doações para as vítimas das enchentes no RS. São 250 colchões, 350 travesseiros, 750 cobertores e 538 kits rancho. Dieter Fuchsenthaler, o cônsul para a região, afirmou que há verbas disponibilizadas pelo governo alemão em questões humanitárias, e portanto, o Consulado não poderia se "omitir em um momento de tragédia como este". Belo gesto.

Reportagem: Zero Hora
Foto: Alina Souza / Palácio Piratini/Divulgação
Zero Hora


domingo, 20 de julho de 2014

Voluntários ajudam paciente com câncer a realizar o casamento dos sonhos!


Seria muito injusto com o trabalho da Laine Valgas se ela não recebesse a merecida audiência por ter trazido esta história do Luiz Henrique e da Raquel à tona. Todos os capítulos dela estão contidos no link da reportagem! Vou apenas transcrever o depoimento de uma das voluntárias, citadas na reportagem, para aguçar a curiosidade:

"'Fui condenada pelos médicos a só mais 6 meses de vida, lá em 2006. Nem filhos poderia ter mais. Fiquei firme na fé e nos tratamentos. Me curei e hoje tenho uma filha de 2 anos. Eu precisava dividir essa minha esperança com o Luiz, ele também vai sair dessa', fala emocionada nossa leitora". 

Reportagem: Laine Valgas
Foto: Betina Humeres
Diário Catarinense